Aprenda como criar combo de produtos para impulsionar as vendas

Powered by Rock Convert

O combo de produtos é uma estratégia muito usada no mercado do varejo para aumentar o ticket médio e as vendas. Trata-se de oferecer aos clientes conjuntos de produtos que funcionam bem juntos ou cujas funcionalidades se complementam.

Essa ação pode ter como objetivo promover um determinado produto, mas também pode ser usada para lançar uma nova marca ou dar saída a itens que estão parados no estoque há muito tempo. As possibilidades são várias, e o que conta é a criatividade do gestor aliada a um bom planejamento.

Para se inspirar com algumas ideias de como montar combos e usá-los para impulsionar as vendas, basta ler este post até o fim!

Oferecer produtos complementares

Uma boa estratégia de vendas deve sempre levar em consideração pontos estratégicos como estoque, prazos de validade dos produtos e preços de aquisição. Mas, antes disso, deve-se pensar na necessidade do cliente.

Assim, para montar o mix de produtos, é importante fazer um exercício de empatia e considerar o que mais você precisaria comprar para usar um determinado bem. Pensar na conveniência do cliente é o primeiro passo para que ele se interesse pelo combo que você está oferecendo.

Faz sentido, por exemplo, o varejista oferecer refrigerante a quem está comprando salgadinhos. Também faz sentido uma loja apresentar meias à pessoa que acabou de comprar um tênis. Antecipe as necessidades do cliente e já apresente o item de que ele vai precisar daqui a pouco.

Criar um combo de produtos

Ir ao cinema é pensar em um pacote bem grande de pipoca e um copão de refrigerante, certo? Mas nem sempre foi assim. Cerca de três décadas atrás, as bombonieres dos cinemas vendiam pacotinhos bem iguais àqueles que se compra nos carrinhos de rua, com os refrigerantes à parte.

A criação dos combos com embalagens maiores, refrigerante, sobremesa e até brindes foi uma forma encontrada para impulsionar as vendas e aumentar o ticket médio nas bombonieres dos cinemas.

Esse mesmo raciocínio pode ser usado em qualquer outro segmento de mercado. Você pode criar pacotes de produtos pensando na conveniência do consumidor. É interessante que o preço do combo seja menor que a somatória de cada item vendido separadamente, para incentivar a compra do conjunto e oferecer uma vantagem ao consumidor que levar mais produtos juntos.

Levar dois iguais e ganhar um terceiro

As promoções do tipo “leve três e pague dois” já são uma prática bastante comum no mercado, mas você já pensou em dar uma incrementada nesse esquema? Em vez de oferecer mais um produto idêntico aos dois primeiros, você pode colocar na promoção um item complementar aos outros dois.

O varejo, por exemplo, poderia pensar em algo do tipo: compre dois xampus e ganhe um condicionador. Será ainda melhor se o tal brinde for um item exclusivo. Essa exclusividade vai gerar no consumidor o desejo de ter aquele produto que ele não pode comprar em outro lugar, o que vai ajudar a convencê-lo da aquisição da promoção.

Criar a dependência entre produtos

Combos funcionam muito bem quando o consumidor precisa de um item para usar o outro. Pense em um churrasco, por exemplo. É possível que o seu cliente já tenha a churrasqueira em casa, mas vai precisar da carne, da linguiça, dos tabletes de álcool sólido, do carvão etc.

Se todos esses produtos estiverem expostos em uma mesma estação no ponto de vendas, é muito provável que você desperte no consumidor o desejo por fazer um churrasco, e ele acabará comprando todos os produtos oferecidos.

Pense em situações para as quais o seu cliente precisaria de vários de seus produtos e monte uma estação atraente para eles no PDV. Isso mexe com as emoções e gera o desejo, impulsionando a compra.

Oferecer brindes para compras de grandes quantidades

Os brindes são um artifício bem conhecido e bastante eficiente. Do ponto de vista psicológico, as pessoas gostam da sensação de estar levando uma vantagem ou fazendo um bom negócio, e o brinde proporciona isso.

Alguns mimos podem ser verdadeiros itens de desejo, e os clientes acabam comprando quantidades maiores de um produto do que a necessidade no momento só para ter acesso ao regalo.

Pense em brindes que tenham a ver com a identidade da marca e que também gerem valor para o consumidor. Uma empresa de venda de artigos para escritório pode oferecer um power bank que funciona a energia solar para compras acima de um determinado valor, por exemplo.

Explore datas comemorativas

As datas comemorativas são excelentes oportunidades de geração de negócios e aumento das vendas. Normalmente, as pessoas querem dar um presente especial para seus entes queridos nesses dias, mas a falta de tempo pode limitar a criatividade.

Uma loja que oferece um kit bonito e que desperte a emoção tanto do consumidor quanto do presenteado tem grandes chances de ter uma boa saída nessas datas. Para montar o combo, pense em itens que se complementem, mas também em combinações que fiquem bonitas juntas e gerem desejo.

Vale a pena pensar na aquisição ou fabricação de produtos sazonais exclusivos para essas ocasiões. Isso vai despertar o sentimento de urgência e oportunidade para a compra: se a pessoa não adquirir naquela ocasião, depois não terá mais acesso àquele determinado item.

Oriente a equipe de vendas

Muitos produtos falam por si só e não requerem grandes esforços para as vendas. Quando um combo é bem montado, o próprio produto gera o desejo nos consumidores.

Mas o desempenho da ação pode ser ainda melhor se a equipe de vendas estiver alinhada quanto ao objetivo da ação. Faça uma boa apresentação dos produtos oferecidos ao time de vendedores, de forma que eles consigam orientar bem os consumidores na hora da compra.

Um cuidado fundamental que você precisa ter ao pensar na sua estratégia de combo de produtos é evitar a venda casada. Ou seja, o estabelecimento não pode obrigar o consumidor a comprar dois itens juntos, pois isso viola o Código de Defesa do Consumidor. Com esse filtro em mente e seguindo as nossas dicas, será possível impulsionar os resultados do seu negócio.

O que achou das ideias que trouxemos neste artigo? Deixe um comentário abaixo com a sua opinião!

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *